Diogo Queiroz de Andrade

Nesta pós-graduação, co-leciona a unidade curricular Inovação e Estratégia nas Indústrias Criativas.

Licenciado em Comunicação Social e Cultural, pós-graduado em Ciência Política e doutorando em Medias Digitais.

Jornalista de carreira e ofício, estendeu a sua atividade à consultoria estratégica e criativa nos média, trabalhando essencialmente na reconstrução de modelos de negócio, no desenvolvimento de novos produtos e na gestão criativa.

Depois de dez anos como jornalista em vários títulos de imprensa (Semanário, Diário de Notícias, Grande Reportagem, Ler, etc.), lançou uma produtora de conteúdos criativos a partir da qual produziu milhares de horas de televisão. Em 2008 lançou um atelier criativo e estratégico a partir do qual produziu e realizou vários formatos originais de vídeo para televisão e web.

Em 2013 integrou a equipa fundadora do Observador como seu diretor criativo, acumulando o desenvolvimento do produto editorial com um papel determinante na decisão estratégica e de negócio. Em 2016 foi consultor para toda a estratégia de lançamento do Eco e de seguida tornou-se diretor adjunto do Público, com os pelouros do digital e da estratégia.

Ao longo dos anos desenvolveu vários projetos apoiados por entidades internacionais como a Comissão Europeia, o Parlamento Europeu, o Instituto Camões e a Google. É autor do Manual de Jornalismo Digital e tem sido convidado como orador em vários eventos internacionais como a Digital News Innovation Summit, a Global Editors Network Conference, a Digital Media Europe e o International Journalism Festival.